Facebook
Twitter
Ouvidoria
Youtube

Projeto “Caminhos do Cuidado” capacitou mais de 40 profissionais da saúde

Data de inclusão 11/12/2014 17:42

Na última quarta-feira (10/12), Agentes Comunitários de Saúde (ACS) e Técnicos de Enfermagem da Saúde da Família participaram do último encontro programado do projeto de capacitação "Caminhos do Cuidado", que é focado na melhoria do atendimento na área da saúde mental e no enfrentamento do uso de drogas.

Durante as aulas presenciais, os participantes seguiam uma apostila com temas específicos, juntamente com a Tutora do projeto. O resultado final da qualificação permitiu que as alunas construíssem  e percebessem o papel do ACS e do Técnico de Enfermagem da Atenção Básica. “A finalidade era que a equipe olhasse seu território e que nesse processo aprendessem a fazer escuta das singularidades de cada indivíduo e criar assim um vínculo com o seu espaço. Creio que conseguimos chegar onde queríamos”, disse a Tutora do projeto, Estela Maris Ribeiro.

Rúbia Mara Lang é Agente Comunitária de Saúde há cinco anos. Para a profissional  que atua na UBS Jardim praia Mar,  o curso permitiu um amplo conhecimento sobre as abordagens e as necessidades  diante da dependência química e da saúde mental. “Realmente foi de grande valia. Eu, minha outra colega ACS e a Técnica de Enfermagem aqui da Unidade até conversamos sobre como foi importante. Aqui em nossa área de atuação é muito comum lidarmos com usuários de drogas e agora temos mais conhecimentos sobre nosso comportamento na hora da ação”, afirmou Rúbia Mara Lang.

Simone Werner, ACS da UBS do Tabuleiro, também comentou sobre o curso e falou o quão produtivo foi. “Acrescentou muito e nos fez ter um olhar diferente para algumas coisas que acabamos deixando de lado, no dia a dia. Agora, podemos levar esse conhecimento para dentro do nosso local de trabalho e também para a rua”, disse Simone Werner, ACS já a mais de 10 anos.

O curso ainda será aplicado para mais um grupo de profissionais a partir do mês de Janeiro do próximo ano, devido ao grande número de ACS e Técnicos de Enfermagem que existem no município.